terça-feira, 13 de outubro de 2015

MODELO DE UM PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO PARA A IGREJA LOCAL







MODELO DE UM PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO PARA A IGREJA LOCAL
Jonas Dias de Souza[1]

Informação Importante Este modelo de Projeto Político Pedagógico visa auxiliar os responsáveis pela Educação Cristã na Igreja Local. Recomenda-se respeitar as realidades locais de cada congregação.
  
INTRODUÇÃO:
Quem não tem projeto, não sabe onde e como está, nem sabe onde quer ou como vai chegar. Busque a "iluminação" do Espírito e faça a sua parte! (Pastor Altair Germano)


PROPÓSITO:
A Igreja local tem que se inserir no contexto moderno de educação. Isto significa que não abriremos mão das Doutrinas Cristãs Bíblicas, mas que a Educação Cristã deve seguir o desenvolvimento educacional de forma a inserir o corpo discente e docente na atualização de mecanismos educacionais condizentes com a atualidade. Por exemplo, não se admite hoje em dia, aulas em que o aluno seja visto somente como um objeto a ser treinado. O aluno da Educação Cristã deve receber conteúdos que o permitam fazer a diferença no contexto social em que se insere, sendo como ensina a Bíblia, Luz do Mundo e sal da Terra. Neste contexto, a prática educacional cristã receberá avaliações científicas constantes que busquem aperfeiçoar o ser humano em sua perspectiva total.  A educação Bíblica não pode ser dissociada do contexto social em que estão os crentes da Igreja local. Sabemos que a igreja universal é formada por todos os salvos, mas a igreja local tem necessidades concretas que precisam ser atendidas.
FINALIDADES:
TEOLÓGICA:
Proporcionar educação teológica de qualidade que permita ao crente crescer em santificação e conhecimento da doutrina. Com isto formaremos crentes com condições de realizar uma apologética cristã com qualidade.  Ventos de falsas doutrinas não exercerão influências sobre uma comunidade cristã educada de acordo com os padrões teológicos e doutrinários sadios. Incentivar de forma contínua o estudo sistemático da Bíblia Sagrada por cada crente de forma a permitir uma dependência única e exclusiva do Espírito Santo de forma a não ficar exposto aos ataques de falsos pregadores e doutrinas espúrias.
FILOSÓFICA:
  Ministrar a Educação Cristã Infantil, aos Jovens e adultos, firmados em uma filosofia "Cristocêntrica", baseada nos ensinamentos e na pessoa de Jesus Cristo.
Buscar por meio do ensino cristão com metodologias adequadas, no trato com os educandos e nas diversas formas de avaliação, o crescimento doutrinário da membresia. Possibilitando uma educação cristã que opere mudanças no comportamento de vida dos alunos.
EDUCACIONAL:
Ir além da Educação Cristã, proporcionando aos alunos cursos que o ajudem na vida secular. Neste contexto, continuar com os projetos existentes: Aulas de música, Coral. E buscar a necessidade da igreja para outros projetos, por exemplo, acesso à computação, parcerias para curso profissionalizantes e realização de palestras de cunho educacional.  Por exemplo, enfrentamento das diversas formas de violência e resistência ás drogas.
PRINCÍPIOS NORTEADORES
ÉTICOS-POLÍTICOS:
Não há como dissociar a igreja da vida política da sociedade. Não é escândalo, afirmar que dentro dum contexto político municipal não temos (enquanto crentes em cristo) uma representação de qualidade. A igreja (Nome da Igreja) em (Nome da cidade) busca por princípios éticos-políticos desenvolver em cada crente uma personalidade saudável e forte, com vistas a buscar o bem comum da sociedade, sem perder de vista as doutrinas bíblicas. A lealdade com o semelhante, o respeito ao próximo e à consciência individual de modo a possibilitar uma convivência fraterna no ambiente da igreja local e no seio da sociedade. Deveremos trabalhar para formarmos crentes cidadãos e que entrem de forma consciente na sociedade. Consciente de que devem ser à luz da Bíblia, agentes transformadores da realidade, que aprendam a exercer um pensamento crítico e reflexivo e tenham ações construtivas para o aprimoramento das instituições e das pessoas nelas inseridas, cumprindo a Ordem de Cristo conhecida por nós Cristãos como GRANDE COMISSÃO  em todos os lugares onde se fizerem presentes. 

EPISTEMÓLOGICOS:
A Igreja, como instituição social cristã, deve possibilitar o crescimento humano nas relações interpessoais, assim como, referenciada na realidade humana, possibilitar ao aluno das várias classes e faixas etárias, a aquisição de uma consciência crítica que amplie sua visão de mundo. Esta visão ampliada deverá criar oportunidades e melhores condições para uma leitura interpretativa dos fatos sociais que o cercam, das relações voltadas ao homem. O aluno da Escola Bíblica Dominical deve melhorar cada vez mais sua qualidade de vida, que será norteada pelos princípios salutares da Educação cristã. Dentro do contexto epistemológico devemos lembrar que o mundo circundante do crente é o mundo secular com o pecado em voga. A Educação Cristã, em suas várias formas (cultos de doutrina ou EBD) deve ser pautada numa Epistemologia Cristocêntrica que permita ao aluno fazer frente ao mundo secular sem ser atingido pelo fato de estar às margens do mundo. A Educação Cristã pautada em princípios Cristãos verdadeiros e sadios, deve ser proporcionada pela Igreja, de forma a proporcionar instrumento para que o aluno enfrente a sua realidade secular sem ser vencido por ela.
Buscamos apoio para a afirmação do próprio Cristo contida em João: “Se vós fôsseis do mundo, o mundo amaria o que era seu, mas, porque não sois do mundo, antes eu vos escolhi do mundo, por isso é que o mundo vos aborrece.” (João 15.19) (ARC)
PEDAGÓGICOS:
A Igreja deve atuar por meio de seu corpo docente e ministério como agente facilitador do desenvolvimento global e harmônico da membresia, principalmente os alunos, nos aspectos biopsicossocial e cultural, respeitando os interesses e as necessidades individuais, e ao mesmo tempo, manter a identidade da Igreja enquanto Assembleia de Deus.
Dentro do contexto pedagógico, a Igreja deve preparar seu corpo docente, propiciando o comparecimento em Cursos de formação e de Capacitação de docentes da Educação Cristã. 

OBJETIVOS INSTITUCIONAIS
Visão
       Fazer da Igreja (nome da igreja) uma instituição reconhecida pela qualidade de sua Educação Cristã por excelência e respeito ao contido na Bíblia Sagrada.
Missão
        Possibilitar a formação integral de nossos alunos de forma interdisciplinar, priorizando os aspectos: Cristãos, intelectual, cognitivo, psicomotor, emocional, afetivo, familiar, social, físico e espiritual.
Objetivos
Preparar crentes capazes de promover mudanças sociais, visando a formação integral do educando. Conscientizar o crente da necessidade de seu crescimento bíblico e teológico, dentro de um processo de santificação gradual e ininterrupta. Preparar indivíduos capazes de promover mudanças sociais de qualidades positivas e de acordo com o testemunho cristão, valorização da vida, da dignidade humana, da liberdade com responsabilidade.  Preparar crentes capazes de respeitar o seu semelhante sem preconceito de raça, religião, sexo, cor, posição social, ou qualquer outro, tendo como princípio básico a Fé Cristã e sem perder de vista os princípios cristãos.
Promover a pesquisa, o desenvolvimento da Educação Cristã, das letras e das artes no contexto cristão, de forma crítica, consciente, criativa. Trabalhar a saúde emocional do educando cristão, promovendo atividades que favoreçam a boa relação com Deus em primeiríssimo lugar, consigo mesmo e com os outros, desenvolvendo a auto-estima, o amor ao próximo e a ele mesmo.
Contribuir para o crescimento do educando cristão como pessoa e como agente transformador da sociedade. Oportunizando a Orientação Cristã.
Promover o constante aperfeiçoamento do corpo docente e da equipe técnico-pedagógica, e do ministério, promovendo o acesso a conteúdo didático cristão de qualidade.

Perguntas para Reflexão sobre a EBD. (Sugestão: Aplicar a Técnica do Braim Storm ou Tempestade de Idéias)
1)      Como a EBD fará isso?
2)      Existe um plano de ação elaborado?
3)      Esse plano é revisto periodicamente?
4)      Quais são os objetivos da EBD para este mês, trimestre, semestre ou ano?
5)      Quais as diretrizes pedagógicas?
6)      Como anda a qualidade do ensino?
7)      Quais os índices de evasão escolar e como minimizá-los?
8)      Como conquistar e manter novos alunos?
9)      Como incluir os portadores de necessidades educativas especiais?
10)  Como incluir os alunos que por enfermidade, estudo ou trabalho não podem participar presencialmente da EBD?
11)  Como os pais ou responsáveis podem contribuir para o crescimento da EBD?
12)  Qual o perfil da comunidade e das pessoas (crianças, adolescentes, jovens e adultos) onde a EBD está inserida?
13)  De quais recursos (além da fé, que é indispensável) humanos, estruturais, materiais, tecnológicos, financeiros você dispõem para atender as necessidades educativas dos alunos?
IDÉIAS ESPARSAS:
1)      Escola Bíblica de Férias.
2)      Nivelamento de Professores
3)      Capacitação de Novos Professores
4)      Evitando a Evasão
5)      Crescimento Quantitativo X Qualitativo
6)      Criação de uma Biblioteca Cristã
7)      Domingueiro Não. (Projeto que busca incentivar a participação nos cultos semanais da Igreja)
8)      Pesquisa: Qual a formação secular da membresia? Ex: Médicos, professores, advogados, policiais.
9)      Congressos com segurança: Criação de uma brigada de Incêndio e outros.









[1]  Servo de Deus. Graduado em Filosofia pela Universidade Federal de São João del-Rei/MG. Congrega na Assembleia de Deus Missões na cidade de São João del-Rei/MG.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente com Responsabilidade. Lembre-se da máxima, o nosso direito termina onde começa o direito do outro. Além de tudo, mesmo que divergentes em opiniões, somos Cristãos.