segunda-feira, 1 de junho de 2015

O ESCRITÓRIO DE PSICOLOGIA DO LIVRO DE SALMOS.




O ESCRITÓRIO DE PSICOLOGIA DO LIVRO DE SALMOS.
O fato de sermos Crentes em Cristo não significa que enquanto permanecermos aqui nesta terra estaremos livres de pressões que a vida cotidiana impõe. Mormente neste mundo moderno, cheio de informações rápidas e que exigem uma digestão mais rápida ainda, sentimos toda pressão. Os problemas podem varias de pessoa para pessoa, mas acredito que a pregação que fala de uma vida cristã sem problemas não encontra respaldo na Bíblia.
Cristo ensinou que no mundo teríamos aflições, mas que a exemplo dele venceríamos o mundo. Então mesmo sendo crentes podemos adoecer? A resposta é um sonoro SIM. Temos que fazer frente às várias situações da vida em sociedade: Problemas na Escola, no trabalho, na família e na comunidade. Podemos sentir tristeza e podemos inclusive somatizar estas coisas, o que ocasiona
um adoecimento mental.
O que não podemos esquecer é que Deus está presente em nossa vida nos milésimos de segundos que precisarmos. Não podemos esquecer que a Bíblia é também um escritório de apoio para nossas vidas. Não apoiamos a idéia de que crente não precisa se consultar com um psicólogo ou outro profissional de saúde. O dom que Deus deu a alguns para estudar as ciências médicas, fazem-no merecedores de nossa presença. Crente pode e deve cuidar de sua saúde física e mental. A idéia de que Crente não deve ir a um psicólogo ou outro profissional de saúde (repetimos) é totalmente anti- bíblica.
Lembremos porém que a Bíblia trás inúmeros ensinamentos que são verdadeiros bálsamos para a vida do crente. O livro de Salmos, por exemplo, é um escritório de psicologia aberto nas 24 horas do dia. Com a facilidade que encontramos hoje, podemos ter este escritório de psicologia ao nosso alcance a todo instante. As formas de apresentação da Bíblia hoje é uma benção de Deus para o presente tempo. Temos Bíblia em vídeo, em áudio, no tradicional papel, em MP3, formato wav e muitos outros. Seja no celular, notebook ou tablet. Enfim não podemos nos furtar de comparecer sempre na Gloriosa presença de Deus através da leitura de suas palavras.
Vejamos algumas indicações do Livro de Salmos.
Os Livros de Salmos podem ser encontrado no Antigo Testamento (AT) que é a Primeira parte da Bíblia.  Na verdade, Salmos é um conjunto de livros, cinco conjuntos, que juntos formam uma coletânea de adoração a Deus e ao mesmo tempo serve de remédio para as doenças que afligem a nossa alma neste mundo moderno e de corre-corre. O Livro 1 inicia se com o salmo 1.1 e estende-se até o salmo 41.13. Este primeiro livro possui uma semelhança com a narração de Gênesis, mostrando a criação da humanidade, sua queda em pecado e sua redenção. O ser humano caiu, mas foi redimido e abençoado por Deus. Vale destacar o Salmo 22 e o Salmo 23 que são um resumo de nossa condição pré e pós aceitação de Cristo em nossas vidas. Já o Livro 2, tem o começo no Salmo 42.1 indo até o Salmo 72.20. A semelhança agora é com o livro de Êxodo, pois trata da trajetória da libertação de Israel. Vemos nestes salmos a nação destruída, mas também restaurada. Ora, se Deus salvou Israel, salvou também a nós. Ainda, hoje, podemos dirigir os nossos pedidos a Deus, que nos ouve. O Livro 3, vai do Salmo 73.1 até o Salmo 89.52. Esta Seção encontra semelhança com Levítico, pois discorre sobre o Tabernáculo e abarca a Santidade de Deus. A maioria dos Salmos deste livro, realça a “entronização do Senhor”. O livro 4, (90.1 a 106.48) possui semelhança com Números, posto que centraliza sua abordagem no relacionamento de Israel com as Nações Vizinhas e mencionam a relação de Reino de Deus com as nações próximas. O livro 5  inicia-se no Salmo 107.1 ao 150.6, e  é semelhante a Deuteronômio tendo como tema Deus e a sua Palavra.  Percebe-se a relação da divisão de Salmos (que muitos pensam ser um único livro) com o Pentateuco. Para efeito de padronização, ao mencionar, é comum falar “Salmo 1” ou “Salmo 2” e assim por diante, citando em seguida o versículo. Os temas encontrados em Salmos: Louvor a Deus, Poder, Perdão, Gratidão e Confiança. Além de encontrarmos menções a todas as épocas Bíblicas. Grosso modo é um resumo da missão de Cristo e do relacionamento deste com a humanidade. Devemos conhecer cada vez mais para assim apreciarmos o que Deus fez, faz e fará em nossas vidas. Poeticamente os autores de Salmos expressam o louvor e confessam a Deus. E quando lemos hoje os Salmos e os incluímos em nossos devocionais, rememoramos as ações destes homens de Deus.
Por isto dizemos que encontramos nos Salmos um Escritório de Psicologia à nossa disposição. A realidade destas poesias está no fato de que as bênçãos, e os louvores ou num termo teológico, a Doxologia dos salmos, fluem sobre nós como “Chuvas de Bençãos”. Há um hino na Harpa Cristã, que fala: “Chuvas de Graça. Chuvas pedimos Senhor. Manda nos chuva constante. Chuvas do Consolador.” Este consolo para nossas modernas aflições nós encontramos ao percorrermos as linhas de Salmos.
 Importante notar que Salmos mantém um diálogo com os livros do Novo Testamento, vejamos o que encontramos sobre o Salmo 2 em atos:
“que disseste por intermédio do Espírito Santo, por boca de Davi, nosso pai, teu servo: Por que se enfureceram os gentios, e os povos imaginaram coisas vãs?” (Atos 4.25)
Existe uma curiosidade no Livro de Salmos que é encontrada somente em Habacuque. É a palavra Selá.
“A palavra hebraica Selá aparece 71 vezes nos Salmos e três vezes em Habacuque (Hc3.3,9,13). Embora não se saiba exatamente para que foi empregada, é mais provável que fosse: (1) uma indicação musical, para os cantores e a orquestra tocarem forte ou crescendo; (2) um sinal para que as pessoas erguessem suas mãos ou sua voz em adoração a Deus ou para que o pastor proferisse uma benção; (3) um termo equivalente ao amém (“assim seja”) ou ao aleluia (“louvado seja o Senhor”)


(Continua...)





Um comentário:

  1. Muito boa reflexão... As duas dimensões, isto é, humana e divina, se traduzem num relacionamento vivo e terapêutico. Parabéns!

    ResponderExcluir

Comente com Responsabilidade. Lembre-se da máxima, o nosso direito termina onde começa o direito do outro. Além de tudo, mesmo que divergentes em opiniões, somos Cristãos.