terça-feira, 12 de novembro de 2013

Saiba quais são os três Passos para receber a Provisão Divina.

Divulgador da Palavra


Três Passos para receber a Provisão Divina.

Jonas Dias de Souza[1]



Aprendemos com o Profeta Jeremias que ao homem é impossível mudar a sua natureza pecaminosa. Baseado em seus esforços próprios, o homem natural não consegue colocar um freio em seus impulsos pecaminosos. Pode sim, praticar alguns atos bons, mas isto não consiste numa profunda mudança, antes, é superficial. A mudança eficaz vem somente e somente se a Graça de Deus regenerar o homem transformando em uma Nova Criatura.

Esta transformação ocorre em um caráter sobrenatural, sendo que somente Deus possui a capacidade de realizar. Ao homem, contudo, cabem algumas ações a serem feitas. Mas que não podem ser confundidas com “uma ajuda a Deus”. São ações que levam em conta o livre arbítrio.

Examinaremos três passos que o homem deve dar para receber a provisão divina.




1º Passo) Ouvir a Palavra de Deus.



Este passo leva em conta de que a mensagem do evangelho é “nova a cada dia”. É uma mensagem viva, que lançada como uma semente no coração humano começa a florescer e a frutificar. Plantada no cerne do coração, esta mensagem floresce e convence o homem do pecado, levando-o a sentir a necessidade de um Salvador.

Neste contexto, examinemos o que ensina as Sagradas Escrituras:



“Porque não me envergonho do evangelho de Cristo, pois é o poder de Deus para salvação de todo aquele que crê, primeiro do judeu e também do grego.” (Romano 1.16)



O evangelho é poderoso para salvar todo aquele que crê. Crer é o primeiro passo. Este ouvir, é mais do que escutar. É acreditar naquilo que Deus nos fala através da Bíblia. Ouvir é abrir o coração para que as mudanças possam ocorrer, sendo realizadas por Deus.  Ouvir... Ouvir... Ouvir... Ouvir sempre.

Outra passagem Bíblica é:



“Porque a Palavra de Deus é viva, e eficaz, e mais penetrante do que qualquer espada de dois gumes, e penetra até a divisão da alma, e do espírito, e das juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e intenções do coração.” (Hebreus 4.12-13)



A palavra de Deus através da Bíblia Sagrada e das pregações de seus servos, é mais eficiente do que qualquer espécie de terapia. A palavra de Deus toca onde é impossível ao homem alcançar.

É por isto que há a necessidade de que a congregação seja freqüentada. Não é aconselhável que o crente fique sem congregar. Na igreja ouvimos a Palavra de Deus e os testemunhos dos irmãos que nos ajudam a caminhar. Com o passar do tempo será o nosso testemunho que ajudará os crentes mais novos a caminhar.

Devemos ter sempre em mente que somos mais do que um amontoado de células ou átomos. Somos um ser que gerados por Deus, e caídos pela desobediência de um homem, nos tornamos corruptíveis. Deus coloca então uma solução ao nosso alcance que é a regeneração.



“Pois fostes regenerados não de semente corruptível, mas de incorruptível, mediante a palavra de Deus, a qual vive e é permanente”. (1 Pe 1.23) Saibam todos que a Palavra de Deus não sofre sequer sombra de variação e mais, Deus vela sobre sua palavra para que ela se cumpra de forma integral. Portanto cabe ao homem que deseja de fato, ver as boas mudanças em sua vida, ouvir o evangelho.

A Palavra de Deus nos ensina que a humanidade foi criada para ser as primícias de Deus.



“Pois, segundo o seu querer, ele nos gerou pela palavra da verdade, para que fôssemos como que primícias das suas criaturas”. (Tiago 1.18)



Não podemos nos esquecer ainda do Profeta Jeremias, mencionado no início. “Pode o etíope mudar a sua pele ou o leopardo as suas manchas? Nesse caso também vós podereis fazer o bem, sendo ensinados a fazer o mal.” (Jeremias 13.23)



Há que se tomar muito cuidado, para as más interpretações oriundas do lado humano. Somente o Espírito Santo pode nos guiar no que se relaciona com a interpretação da Palavra de Deus. Não muito longe, determinado pregador afirmou que os etíopes eram negros por causa do pecado, quando em verdade, não é isto que contém esta passagem.



2º Passo)  Crer na Palavra de Deus e receber a Salvação.



A este respeito temos uma sentença de um dos grandes pais da igreja, Agostinho. “Crer para entender, entender para crer”. Muitas argumentações dando conta de que a palavra de Deus é difícil podem ser ouvidas. Quando em verdade falta acreditar para entender no primeiro momento. E depois crescendo em santificação entender para crer mais ainda.

Ao ouvirmos a mensagem do evangelho, podemos sentir um grande anseio em nosso coração. Mas é somente quando respondemos de forma positiva ao evangelho e sua exortação para nos achegarmos a Cristo, é que a transformação divina começa a ocorrer.



“E o testemunho é este: que Deus nos deu a vida eterna; e esta vida está em seu filho. Quem tem o filho tem a vida; quem não tem o filho de Deus não tem a vida.” (1 João 5.11-12)



Ao crermos e a aceitarmos a Jesus Cristo como nosso salvador, recebemos a vida eterna. Basta, agora, crescermos em  santificação e não nos afastarmos dele.  Existe uma metáfora de um navio. Enquanto o passageiro nele permanecer estará rumando ao seu destino, ao sair dele estará desviando do seu destino. Neste contexto o homem pode decidir por afastar-se de Deus e abrir mão de sua salvação. Mas que ele a recebeu no imediato momento em que aceitou a Cristo, é fato inegável.  O processo de santificação é gradativo.

Quando crescemos no estudo da Palavra de Deus, quando ouvimos cada vez mais a palavra de Deus, crescemos em fé e na fé.  O que o apóstolo ensina ao dizer que precisamos deixar de ser como meninos. Precisamos pensar sobre o que cremos, pois o nosso culto deve ser racional.

3º Passo) Ato Milagroso do Espírito Santo.

Acredite ou não, ainda há crentes que esperam a vida eterna. Se esquecerem de que já a obtiveram pelo ato milagroso do Espírito Santo e sua regeneração. A regeneração é instantânea.  Ao aceitar a Cristo o crente recebe o implante da própria natureza  do “Kyrios” em sua vida.  Ao contrário da santificação que é progressiva. A natureza de Cristo se implanta imediatamente no crente quando este aceita a Cristo como Salvado. Operação esta realizada pelo Espírito Santo.

“Jesus respondeu: Na verdade, na verdade te digo que aquele que não nascer da água e do Espírito não pode entrar no Reino de Deus. O que é nascido da carne é carne, e o que é nascido do Espírito é espírito.” (João 3.5-6)

O nascimento físico é representado pela água, e o nascimento espiritual é representado pelo Espírito. Batismo não salva. Infelizmente há esta interpretação equivocada por alguns “ditos” estudiosos e denominações.

O que seria do ladrão que se arrepende e acredita em Jesus Cristo?

Simbolicamente deve ser visto o batismo como um compromisso público perante a congregação dos santos, e ainda como símbolo da obra regeneradora do Espírito Santo. Importante frisar mais uma vez a grande diferença existente Regeneração e Santificação.

Enquanto a primeira é imediata e instantânea, a segunda é progressiva.  Santificação é aplicação da regeneração no viver diário.








[1] Servo de Deus. Congrega na Assembléia de Deus Missões na cidade de São João Del Rei/MG. Licenciado em Filosofia pela UFSJ. Estudante de Teologia da EETAD.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente com Responsabilidade. Lembre-se da máxima, o nosso direito termina onde começa o direito do outro. Além de tudo, mesmo que divergentes em opiniões, somos Cristãos.