quinta-feira, 16 de maio de 2013

Igreja e Polícia Militar cumprindo seu papel social.

Fotos por Luciana Dias



Igreja e Polícia Militar cumprindo seu papel social.
                                                                                                                                Jonas Dias de Souza

Todas as instituições públicas possuem um papel social a ser exercido no seio da comunidade na qual está inserida. Neste desiderato tanto a Igreja Assembléia de Deus quanto a PMMG possuem consciência da importância de suas atuações para a melhoria da qualidade de vida.

A igreja Assembléia de Deus localizada na cidade de Santa Cruz de Minas é pertencente ao Ministério Missões em Minas Gerais, e subordinada a Regional em São João Del-Rei, mesmo sendo localizada na menor cidade do Brasil não se furta a obedecer ao IDE. Ocorre que o IDE também se caracteriza pelo papel social como dissemos, e sob a liderança do Pastor Santana fez um convite para que a Fração Policial Militar realizasse uma palestra sobre Segurança Pública, versando precisamente sobre o tema “Abordagem Policial”.
 

O 4º Pelotão PM sediado em Santa Cruz de Minas, (pertencente ao 38º BPM da PMMG) também não se furtou ao seu papel de parceiro da sociedade ordeira e compareceu. Observa-se que a Doutrina de Abordagem da Policia Militar de Minas Gerais, é pautada pelo respeito à dignidade da pessoa humana e dentro dos parâmetros dos Direitos Humanos Internacionais.

Foi encontro marcado pela singeleza e simplicidade, e enriquecido pelo Louvor a Deus e pela pregação da Palavra.

Com isto o público Cristão se aproxima da PMMG, mostrando a importância da parceria entre Policia e Comunidade.

Por ser uma matéria de Cidadania, abrimos este espaço para a divulgação, e parabenizamos o Tenente Richard Douglas Lopes (comandante do Pelotão PM em Santa Cruz de Minas) pela acolhida ao convite.

Agradecemos a Deus por esta oportunidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente com Responsabilidade. Lembre-se da máxima, o nosso direito termina onde começa o direito do outro. Além de tudo, mesmo que divergentes em opiniões, somos Cristãos.