terça-feira, 4 de setembro de 2012

Cristo Jesus e seu Amor.

Cristo Jesus e seu Amor.
Jesus Cristo possui um eterno desejo de bem-estar e é ajudador dos objetos sua afeição. Os Crentes que o aceitam e procuram mostrar a sua fidelidade, estão entre os  destinatários deste amor. Dizemos isto, posto que não são os únicos. O amor de Jesus Cristo é dirigido à toda humanidade. Mas, Ele não obriga ninguém a aceitar este Amor. O principal Amor de Jesus Cristo é para com
 Deus Pai.
1)      O amor de Jesus Para com Deus Pai:
“Mas é para que o mundo saiba que eu Amo o Pai e que faço como o Pai me mandou. Levantai-vos, vamo-nos daqui”. (João 14:31)
2)      Para com a Igreja:
“Vós, maridos, amai vossa mulher, como também Cristo amou a igreja e a si mesmo se entregou por ela,” (Efésios 5: 25)
3)      O amor de Jesus para os crentes como indivíduos:
“Já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim; e a vida que agora vivo na carne vivo-a Ana fé do Filho de Deus, o qual me amou e se entregou a si mesmo por mim.” (Gálatas 2:20)
4)      Aqueles que pertencem a Cristo gozam de seu Amor:
“Ora, antes da Festa da Páscoa, sabendo Jesus que já era chegada a sua hora de passar deste mundo para o Pai, como havia amado os seus que estavam no mundo, amou-os até ao fim.” (João 13:1)
5)      Os discípulos obedientes:
“Aquele que tem os meus mandamentos e os guarda, este é o que me ama; e aquele que me ama será amado de meu Pai, e eu o amarei e me manifestarei a ele.” (João 14:21)
6)      Cristo tem amor pelo seus inimigos:
“E dizia Jesus: Pai, perdoa-lhes, porque não sabem o que fazem.” (Lucas 23:34a)
7)      Cristo amou seus familiares:
“E junto à cruz de Jesus estava sua mãe, e a irmã de sua mãe, Maria, mulher de Clopas, e Maria Madalena.
Ora, Jesus, vendo ali sua mãe e que o discípulo a quem ele amava estava presente, disse à sua mãe: Mulher, eis aí o teu filho.
Depois, disse ao discípulo: Eis aí a tua mãe. E desde aquela hora o discípulo o recebeu em sua casa.” (João 19: 25-27)
8)      Cristo amou as crianças:
“E traziam-lhe crianças para que lhes tocasse, mas os discípulos repreendiam aos que lhas traziam.
Jesus, porém, vendo isso, indignou-se e disse-lhes: Deixai vir os pequeninos a mim e não os impeçais, porque dos tais é o Reino de Deus.
Em verdade vos digo que qualquer que não receber o Reino de Deus como uma criança de maneira nenhuma entrará nele.
E, tomando-as nos seus braços e impondo-lhes as mãos, as abençoou.” (Marcos 10: 13-16)
9)      Os pecadores perdidos:
“Porque Cristo, estando nós ainda fracos, morreu a seu tempo pelos ímpios. Porque apenas alguém morrerá por um justo, pois poderá ser que pelo bom alguém ouse morrer. Mas Deus prova o seu amor para conosco em que Cristo morreu por nós, sendo nós ainda pecadores.” (Romanos 5: 6-8)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente com Responsabilidade. Lembre-se da máxima, o nosso direito termina onde começa o direito do outro. Além de tudo, mesmo que divergentes em opiniões, somos Cristãos.