quarta-feira, 29 de agosto de 2012

4 Paradoxos Bíblicos.

4 Paradoxos[1] Bíblicos.
1)      Na escravidão há liberdade.
“Mas, agora, libertados do pecado e feitos servos de Deus, tendes o vosso fruto para santificação, e por fim a vida eterna.
Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna, por Cristo Jesus, nosso Senhor.” (Romanos 6: 22-23)
2)      No fato de sermos servos há uma grandeza.
“Porém o maior dentre vós será vosso servo. E o que a si mesmo se exaltar será humilhado; e o que a si mesmo se humilhar será exaltado”. (Mateus 23: 11-12)
3)      Na humildade há exaltação.
“Portanto, aquele que se tornar humilde como esta criança, esse é o maior no Reino dos Céus.” (Mateus 18:4)
“Digo-vos que este desceu justificado para sua casa, e não aquele; porque qualquer que a si mesmo se exalta será humilhado, e qualquer que a si mesmo se humilha será exaltado”. (Lucas 18:14)
“A soberba do homem o abaterá, mas o humilde de espírito obterá honra” (Provérbios 29:23)
“Humilhai-vos perante o Senhor, e Ele vos exaltará.” (Tiago 4:10)
4)      Na submissão há autoridade. O centurião romano que veio falar com Jesus sabia disto.
              “e, por isso, nem ainda me julguei digno de ir ter contigo; dize porém, uma palavra, e o meu criado sarará. Porque também eu sou homem sujeito à autoridade, e tenho soldados sob o meu poder, e digo a este vai; e ele vai; e a outro vem; e Lee vem; e ao meu servo: faze isto; e ele o faz.” (Lucas 7: 7-


[1] pensamento, proposição ou argumento que contraria os princípios básicos e gerais que costumam orientar o pensamento humano, ou desafia a opinião consabida, a crença ordinária e compartilhada pela maioria (segundo Houaiss)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente com Responsabilidade. Lembre-se da máxima, o nosso direito termina onde começa o direito do outro. Além de tudo, mesmo que divergentes em opiniões, somos Cristãos.